sábado, 17 de julho de 2010

História Bíblica do AT - A CRIAÇÃO DO HOMEM

Gênesis 1:26 - 2:25

A origem do homem tem sido um assunto proeminente para discussão ao longo de muitos séculos. Provas científicas e registros históricos são ambos impossíveis, a menos que aceitemos a revelação divina. Nenhuma outra criatura escreve a história do homem e, exceto se aceitarmos a história que Deus nos deu em Sua palavra, constataremos que todo registro histórico cai um pouco longe do registro da origem. Há, basicamente, apenas duas opiniões em relação a essa origem. Uma é de que o homem originou-se através de algum processo de evolução; a outra, de que Deus o criou assim como proclamam os capítulos um e dois dos Gêneses.

O esquema evolucionário divide-se em duas filosofias. A primeira é a evolução aleatória. Isto é, aquela mudança direta sem causa ou propósito, uma forma de vida tornou-se outra até que o homem finalmente evoluiu. Uma idéia como essa é totalmente não científica sob, no mínimo, três aspectos básicos. Primeiro, nenhuma razão, causa ou propósito podem ser dados para isso. É um efeito sem causa e um projeto sem projetista. Em segundo lugar, o tempo matematicamente necessário para o processo aleatório teorizado não decorreu mesmo pelas mais extensas estimativas de idade da terra. Em terceiro lugar, não temos nenhuma evidência real da existência passada ou presente de qualquer processo de evolução que trouxe uma forma de vida a partir de outra. A outra filosofia é de que a criação divina através da evolução ainda necessitava de mutação, e tem todos os problemas da primeira filosofia evolucionária.

Por outro lado, nossa Bíblia nos dá uma afirmação consistente para responder sobre a origem e a existência do homem.

Deus propôs: "Façamos o homem". Deus designou: "à nossa imagem". É o propósito de Deus que pôs o homem aqui, o mantém aqui e acabará com sua residência no tempo próprio de Deus.

É preciso entender que "à imagem de Deus" não significa físico, pois Deus não é físico, mas Espírito. Significa, simplesmente, semelhança de Deus no sentido de ter iniciativa, propósito e domínio. Não se diz que nenhuma outra criatura de Deus tem domínio sobre alguma outra criatura. Observe que ao homem foram dados o domínio (Gênesis 1:26) e a responsabilidade para reinar (Gênesis 1:28). A responsabilidade de Adão para subjugar a terra foi uma delegação para que conduzisse seu domínio em sujeição a Deus. É perfeitamente consistente que os homens que gostariam de subjugar essa criação a si mesmos, antes do que subjugar a Deus, neguem a criação divina e, deste modo, o domínio divino.

PERGUNTAS - LIÇÃO 5

1. Em qual capítulo da Bíblia nos diz mais sobre a criação do homem?
2. À semelhança de quem o homem foi criado?
3. O homem deveria ter domínio sobre o quê?
4. Qual era a responsabilidade do homem na terra?
5. O que significa a palavra povoar?
6. O que foi dito para ao homem que comesse?
7. O que os animais deveriam comer?
8. Quanto tempo Deus levou para fazer as coisas?
9. O que Deus fez no sétimo dia?
10. Isso significa que ele estava cansado?
11. Deus criou o homem a partir de quê?
12. Deus criou a mulher a partir de quê?
13. Que lugar Deus cedeu ao homem para esse morar?
14. Onde o jardim do Éden obteve sua água?
15. Qual a diferença entre o alimento do homem e dos animais?
16. O que o homem não deveria comer?
17. Quem deu nome aos animais?
18. Em que dia ele os nomeou?
19. O que não foi bom em relação à afirmação da existência do homem, no sexto dia?
20. Deus fez o homem e a mulher no mesmo dia?


Autor: Pr Forrest Keener
Fonte: www.obreiroaprovado.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Leia também

Related Posts with Thumbnails