quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Cristologia - CRISTO, NOSSA SANTIDADE

Apoc 1:5

Por Deus ser quem é, santo. Não há santo como o Senhor (I Sam 2:2). Um atributo que faz de Deus ser Deus é a Sua Santidade. Toda a excelência moral possível está somada em Deus (I João 1:5, "Deus é luz, e não há nEle trevas nenhuma."). Pela eternidade os serafins clamam uns aos outros, dizendo: "Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da Sua glória." (Isa 6:1-4). A santidade de Deus é manifestada nas suas obras (Sal 145:17, "Justo é o SENHOR em todos os seus caminhos, e santo em todas as suas obras."), vista na Sua lei (Rom 7:12, "E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom."; Sal 19:8,9) e gloriosamente revelada na cruz (Sal 22:1-3, "Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? . . . Porém Tu és santo").

Cristo é Deus em toda a Sua beleza e divindade (Heb 1:3, "O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa"). Cristo é verdadeiramente Deus e quanto á isso não há dúvidas. Os escritores inspirados por Deus referem-se a Cristo como o Filho com. o título de "único Deus sábio, Salvador nosso" (Judas 24). As Profecias que pertencem a Deus são cumpridas por Cristo (Joel 2:32; Atos 16:31; Rom 10:13). Cristo é EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco." (Mat. 1:23). Dessa forma Jesus declara: "Eu e o Pai somos um." (João 10:30).

Cristo sendo Deus também é santo. Quando Cristo foi concebido pelo ventre de Maria referiam-se a Ele como "O Santo" (Luc 1:35). Deus, referindo-se ao Seu Filho Jesus Cristo diz através do Salmista que Cristo não permanecerá morto após a sua crucificação porque Deus, o Pai, "não deixarás a minha alma no inferno, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção." (Sal 16:10).

O homem não é santo. O homem tem herdado de Adão uma natureza pecaminosa (Rom 5:12) e por isso ele não pode sujeitar-se à lei de Deus (Rom 8:7), não têm entendimento para compreender as coisas do Espírito de Deus (I Cor 2:14) e nem mesmo tendo desejo de vir a Deus para ser salvo do seu pecado (João 5:40). O homem está destituído da glória de Deus, que é nada menos que a Sua santidade (Rom 3:23).

Devido a santidade de Deus, nenhuma obra do homem será aceita em sua presença. Devido a pecaminosidade do homem, ele não pode fazer algo aceitável a Deus. É justamente por causa desta situação que Cristo, o Santo, veio em forma de homem, e fez-se o pecado pelo homem (II Cor 5:21) e, por ser Santo, a sua obra salvadora é aceita por Deus em troca do perdão dos homens devido aos seus pecados (Isa 53:11). Quando o pecador, pela fé confia na morte de Cristo como uma obra pelos seus pecados, procura o perdão de Deus por causa do sangue de Cristo, Deus o perdoa e o lava de todo o pecado. Verdadeiramente, o pecador que crê em Cristo, é justificado diante de Deus (II Cor 5:21).

Quem depende somente de Cristo como o seu salvador é lavado de todo pecado (Apoc 1:5). O pecador que põe a sua confiança somente na obra de Cristo tem os seus pecados esquecidos por Deus (Heb 8:12) e jamais serão lembrados por Ele (Heb 10:17). Este pecador, escondido em Cristo, torna-se adotado por Deus (Gal 4:5) e nessa posição torna-se filho do Deus Santo (Rom 8:17). Tal posição é possível somente porque Cristo é a nossa santidade. Não temos nenhuma santidade em nós mesmos, mas por Ele, somos aceitos por Deus que não tem trevas em si e nem mesmo o Seu Filho, o Santo.

Eis a beleza de Cristo. Essa beleza de Cristo é para aqueles que estão, pela fé, confiando em sua morte como o sacrifício suficiente pelos seus pecados. Você já conhece essa beleza de Cristo? Se diante de Deus você tornou-se santo, também está vivendo assim diante dos homens? Talvez, como crente, você não seja tão santo para um dia chegar a maturidade mas pode notar que não é como era antes. Assim como a aurora, você já está brilhando mais e mais (Prov. 4:18)? A visão que Deus tem dos seus, em Cristo, é cada vez mais evidenciada por aqueles que vêem aqui na terra e isso para a glória de Deus e à Sua santidade.



Autor: Pastor Calvin Gardner
Fonte: www.obreiroaprovado.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Leia também

Related Posts with Thumbnails