quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Educação Cristã - ALGUNS MÉTODOS DE ENSINO BÍBLICO

Existem várias maneiras a ensinar um fato para uma pessoa. Quero mencionar umas maneiras que são úteis no ensino bíblico doméstico.

A primeira maneira é a usada pelos judeus e pelos apóstolos em várias ocasiões. Este método envolve uma instrução minuciosa, mesmo sem longas palestres, que resulta em alunos conhecedores de sistemas de doutrina. O alvo é que estes alunos sejam responsáveis a por em prática o que recebem em teoria. Essa maneira que é útil para o uso no lar e nas escolas bíblicas nas igrejas vem de uma palavra grega (#2727, katanchew, Strong’s) da qual temos, em português, a palavra catecismo. Vejamos este método usado nas seguintes ocasiões:

Lucas 1:4, "Para que conheças a certeza das coisas de que já estás informado (#2727)" – Teófilo foi informado minuciosamente da vida de Cristo por este método por Lucas. Teófilo tinha, em resultado, um interesse importante de ter estas coisas escritas.
Atos 18:25, "Este foi instruído (#2727) no caminho do Senhor e, fervoroso de espírito, falava e ensinava diligentemente as coisas do Senhor, conhecendo somente o batismo de João." Apolo era doutrinado num sistema de ensino. Ele foi apresentado minuciosamente os fatos sobre o "caminho do Senhor" por alguém. Sendo assim doutrinado, pude ensinar diligentemente. Nisso podemos aprender também que não devemos ter medo de sistemas de doutrina uma vez que elas sejam provadas bíblicas e verdadeiras. Doutrina tem ordem e lógica.
Rom 2:18, "E sabes a sua vontade e aprovas as coisas excelentes, sendo instruído (#2727) por lei." O caso refere-se à maneira que os judeus foram instruídos pela lei. A lei revela cada exemplo que é aceito e o que não é aceito. Um exemplo dessa maneira é o próprio Apóstolo Paulo que, aos pés de Gamaliel (Atos 22:3), item por item foi instruído (Isa 28:10,13). Esse método faz que o aluno saiba a ‘vontade de Deus e aprovar coisas excelentes’. O aluno ensinado neste método freqüentemente torna responsável com aquele que assim o ensinou (Gal 6:6, #2727).
I Coríntios 14:19, "Todavia eu antes quero falar na igreja cinco palavras na minha própria inteligência, para que possa também instruir (#2727) os outros, do que dez mil palavras em língua desconhecida." Para doutrinar, não é necessário muito volume nem muitas palavras. Faça que cada palavra seja na medida correta e uma palavra reta.
Este método é um dos mais eficazes e portanto, o primeiro na lista.

O segundo método é de falar abertamente ou exortar (#1256, dielegomai, Strong’s) as doutrinas bíblicas no lar. Esse pode ser quando a família está assentada para o ensino bíblico doméstico, para as refeições ou nas horas livres que possa ter. Pode ser também quando está andando pelo caminho, deitando ou levantando (Deut 6:6-9). Vejamos como aproveitar desse método nas seguintes maneiras:

Seja Constante – Atos 17:2, "E Paulo, como tinha por costume, foi ter com eles; e por três sábados" neste caso (em outro caso fez "todos os sábados", Atos 18:4) "disputou com eles sobre as Escrituras". Notou que Paulo disputou, ou falou abertamente, por três sábados seguidos, as Escrituras. Ele não cansou em ser constante na mesma ocupação. Este método bate a mesma tecla, dia após dia, e com os mesmos ouvintes (Atos 18:19, #1256)). É de abrir o assunto até que seja inteiramente dito tudo sobre ele (Atos 17:17, #1256).

Procure Resultados – Atos 19:8,9, "E, entrando na sinagoga, falou ousadamente por espaço de três meses, disputando (#1256) e persuadindo-os acerca do reino de Deus. Mas, como alguns deles se endurecessem e não obedecessem, falando mal do Caminho perante a multidão, retirou-se deles, e separou os discípulos, disputando (#1256) todos os dias na escola de um certo Tirano." O resultado desse método é aprendizagem. Quando a verdade é dita com convicção (#1256 – Heb 12:5, "argumenta convosco"; Judas 9 "disputava"), o propósito da Palavra de Deus será cumprido (Isa 55:11).

Um terceiro método de ensino da Palavra de Deus no lar é abrir um assunto nos detalhes (#1272, dianoigwn, Strong’s). Esse método procura não somente de ‘falar’ abertamente mas expor todas as suas partes diante todos que estão nas reuniões.

Como Deus "abriu" (#1272) o coração da Lídia para entender o que Paulo dizia (Atos 16:14), este método procura de detalhar o ensino da verdade ao ponto que sejam ‘vistas’ com os olhos da mente, a lógica, o equilíbrio e a colocação correta dos fatos (#1272 – Luc 24:32 "abria", 45 "abriu-lhes o entendimento"; Atos 17:3, "expondo").

O entendimento verdadeiro de qualquer verdade é do Espírito Santo (João 16:7-11), e não o resultado de um método eficaz de ensino. Todavia, o Espírito Santo não ensina sem uma apresentação dos fatos. Portanto, aquele que lidera o ensino bíblico doméstico deve pedir o auxilio do Espírito Santo enquanto demonstra as doutrinas.

Nada errado para o professor ensinar com a esperança que os alunos entendam e usufruem o que foram ensinados (Tiago 5:7).

O último método tratado neste estudo é o método exemplificado por Jesus quando propunha (#3908, paratiqemnos, Strong’s) parábolas (Mat. 13:24). Através desse método, a verdade é apresentada em situações por quais os alunos podem se identificar. Paulo também usou este método em Tessalônica (Atos 17:3, "demonstrando", #3908).

Esse método procura de por diante os alunos, com exemplos de situações proveitosas, a verdade. Palavras difíceis, ou exemplos fora do contexto das vidas dos alunos, são evitados. O que é procurado é de "dar" claramente (I Tim 1:18) os mandamentos. Se for feito corretamente, e com persistência, os que são formados com esse método entenderão as suas responsabilidades para com a verdade e a ensinarão aos outros (II Tim 2:2).

Conclusão: Com as bênçãos do Senhor Deus pelo Seu Espírito e com o auxílio dos exemplos bíblicos nos dirigindo, podemos ser prontos a ensinarmos as verdades de Deus no ensino bíblico doméstico. Que tais esforços sejam frutíferos tanto na salvação das almas na família quanto na edificação dos crentes ao ponte que tenham a imagem de Cristo em suas vidas (Col. 3:10; II Pedro 3:18).

Que sejam animados os que tenham famílias a procurar a preciosa fruta de vidas estabelecidas na Rocha pela prática constante de um ensino bíblico doméstico (Mat. 7:24-27).

Bibliografia

BÍBLIA SAGRADA, Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil, São Paulo, 1/94

CONCORDÂNCIA FIEL DO NOVO TESTAMENTO, Editora Fiel, S. José dos Campos, 1994

INTERLINEAR GREEK-ENGLISH NEW TESTAMENT, Baker Book House. MI, 1982

STRONG, James, STRONG’S EXHAUSTIVE CONCORDANCE OF THE BIBLE, Abingdon, Nashville, 1980



Autor: Pastor Calvin Gardner
Fonte: www.obreiroaprovado.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Leia também

Related Posts with Thumbnails