quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Pneumatologia - O ESPÍRITO SANTO COMO PROFESSOR

INTRODUÇÃO

Das muitas religiões existentes no mundo somente o Cristianismo requer um professor sobrenatural. Nenhuma qualificação terrestre pode permitir a alguém entender a verdade de Deus. Que esta lição seja usada por Deus para nos lembrar de nossa grande necessidade de um professor Divino, e do privilégio de termos o Espírito Santo como tal Professor. Ele verdadeiramente é o "Espírito da Verdade" (João 15:26).

I. A INSPIRAÇÃO DA BÍBLIA.

A Bíblia como nosso livro de ensino infalível de fé e prática foi inspirada pelo Espírito Santo. Certamente a inspiração do Novo Testamento foi uma grande parte da promessa de Cristo relativa à vinda do Espírito como nosso professor (João 14:26).

II. REGENERAÇÃO.

Os homens não regenerados estão em um total estado de ignorância espiritual (II Coríntios 4:3-4, João 3:3, Efésios 4:18). A Bíblia descreve-os como encobertos, adormecidos, tolos, e cheios de escuridão. Essa condição não deve ser vista somente como uma ausência de conhecimento, mas também como uma falta de habilidade natural para apreciar, compreender e receber a verdade espiritual. Os pecadores podem ser ótimos conhecedores da Bíblia e mesmo assim podem nunca terem discernido verdadeiramente as coisas de Deus (I Coríntios 1:18-21; 2:9-16).

Uma grande parte do trabalho do Espírito na regeneração consiste em trazer ao eleito um verdadeiro conhecimento sobre assuntos espirituais (Colossenses 3:10, I Coríntios 1:23-24). O novo nascimento é comparado por Paulo à criação da luz (Gênesis 1:3, II Coríntios 4:6). Os crentes foram chamados das trevas para a "maravilhosa luz." (I Pedro 2:9). Todos os crentes são ensinados pessoalmente por Deus (João 6:45). Muitos testemunhariam que eles se assentaram nas igrejas (ou até mesmo pregaram no púlpito) durante anos, sendo, ainda, encobertos espiritualmente até que Deus os salvou.

NOTA: Talvez o pensamento mais triste conectado a esse tópico seja o de que os não regenerados são desavisados de sua própria cegueira. Inclusive os cegos tentarão guiar outros cegos (Mateus 15:14).

III. A VIDA CRISTÃ.

Os cristãos têm uma unção e isso lhes ensina o que não pode ser aprendido dos homens. (I João 2:20 e 27, II Coríntios 1:21 - Por favor, note que "unção" e "ungir" têm o mesmo significado). Essa unção é a comunicação do Espírito para com eles (Compare Isaías 61:1 com Hebreus 1:9). Somente através do ensinamento pelo Espírito alguém pode viver uma vida Cristã.

A. Ele abre as Escrituras.
O Espírito Santo ilumina a mente dos crentes para que eles possam entender as Escrituras. Cristo prometeu aos apóstolos que embora Ele estivesse partindo, o Espírito viria e lhes ensinaria (João 14:26). A realização desta promessa é vista de vários modos:

1. No livro de Atos, vemos que os apóstolos vieram a entender muitos dos ensinos de Cristo para os quais eram cegos, durante Seu ministério terrestre.
2. Na escritura do Novo Testamento, a manifestação do dom da profecia no período apostólico.
3. Na iluminação dada aos crentes hoje, quando estudam a Palavra de Deus.

B. Ele conduz o crente.
O Espírito Santo guia o crente e permite que ele saiba qual é a vontade de Deus (Romanos 8:14, Provérbios 3:5-6).

C. Ele glorifica a Cristo.
O Espírito Santo em Seus ensinamentos tem o propósito de glorificar a Cristo. O Espírito nos ensina sobre Cristo, e O faz precioso para nós (João 15:26; 16:14-15).

Nota: É muito importante que nós entendamos que o Espírito de Deus não veio para chamar a atenção ou trazer glória a si. O Espírito não busca adoração a si (embora seja um objeto de adoração), mas leva-nos a adorar a Cristo. Em Seu ensino Ele revela as verdades ensinadas anteriormente por Cristo (João 14:26; 16:13-14) e glorifica a Cristo como o grande professor. Podem ser encontradas as sementes de toda a verdade no Novo Testamento em os ensinos de Cristo.

O leitor, não deve pensar, com isso, que o Espírito Santo é inferior ao Filho de Deus. Nós entendemos que na época da graça cada Pessoa da Trindade tem um trabalho diferente a fazer na salvação. O Espírito veio apontar os homens para Cristo.

D. Ele protege o crente dos erros.
O crente está seguro em Cristo porque o Espírito, ilumina-o para que ele veja o perigo. Ao invés de serem seduzidos pelo anticristo, os crentes continuam fieis ao Salvador porque são ensinados pelo Espírito (I João 2:18-20 e 26-27).

E. Ele ensina o crente concernente a sua bem-aventurança em Cristo.
O Espírito Santo revela aos crentes a grandeza de sua herança, as maravilhas do amor de Deus e o poder manifestado na salvação (I Coríntios 2:9-16, Efésios 1:15-19; 3:14-19).

CONCLUSÃO

Como cristãos é nosso dever estudar a Palavra de Deus e escutar a sua pregação. Porem, não devemos nos esquecer de olhar ao Espírito Santo para termos uma real compreensão.

"Nós escutamos o pregador
A verdade, por ele, foi mostrada;
Mas, nós queremos um Professor Maior,
Do trono perpétuo:
A aplicação
É somente a obra do Divino."


Autor: Pr Ron Crisp
Fonte: www.obreiroaprovado.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Leia também

Related Posts with Thumbnails