terça-feira, 24 de agosto de 2010

Pneumatologia - A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NA REGENERAÇÃO

INTRODUÇÃO

As palavras "novo nascimento" têm se tornado comuns nos círculos religiosos hoje em dia. Sabendo que Satanás é um mestre para redefinir termos bíblicos é necessário portanto reafirmar continuamente o significado bíblico destas palavras.

I. A NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO

Em João 3:3 e 5, nosso Senhor afirma claramente que a regeneração é necessária para a salvação. O homem não só precisa de perdão para que tenha comunhão com Deus, como também a sua natureza deve ser renovada. O homem caído é natural (I Cor 2:14), sensual (Judas 19) e carnal (Rom 8:5-7), o oposto ao espiritual (I Cor 2:15). Cristo revela que há uma distinção imutável entre o que é nascido da carne e o que é nascido do Espírito. A carne pode ser religiosa, refinada, educada e ter aparência moral, mas ainda é carne (João 3:6).

Cada parte do homem natural é corrompida pelo pecado. A sua mente é entenebrecida às coisas de Deus (I Cor 1:18; 2:14; Efés 4:18). Seu coração está numa condição de inimizade contra Deus (Rom 8:7; Jer 17:9). A sua vontade é livre somente para cumprir os desejos de uma natureza depravada (João 1:13; Rom 9:16; Fil. 2:13). A carne torna-se completamente inútil para as coisas de Deus (João 6:63).

II. A NATUREZA DO NOVO NASCIMENTO

A. Regeneração definida.

A mudança exigida pela alma do homem capacitando-o a entrar no reino de Deus é chamada "regeneração" (Tito 3:5), "nascer de novo" (João 3:3) ou "nascido do Espírito" (João 3:6). A regeneração é uma obra instantânea do Espírito de Deus pela qual uma disposição santa é dada à alma. As afeições são renovadas pelo amor a Deus, e a mente é iluminada e capacitada para o entendimento do reino espiritual. Assim como a mudança que acontece na terra durante o milênio é chamada regeneração (Mateus 19:28), o novo nascimento é a renovação da alma do homem.

B. Regeneração ilustrada.

A maravilhosa mudança que acontece na regeneração é ilustrada de muitas maneiras. Examinamos algumas terminologias aplicadas ao Novo Nascimento para melhor ilustrarmos a sua natureza.

1. "Regeneração" ou "Novo Nascimento" - Não são estas palavras meras comparações daquilo que acontece no milagre da graça, na alma do homem? Na geração física, nova vida é dada e os traços familiares são reproduzidos. Não são estas verdades que fazem do nascimento uma figura maravilhosa da obra da graça de Deus no homem?
2. Ressurreição - Efés 2:1,5
3. Renovação - Col 3:10
4. Translado - Col 1:13
5. Novo coração - Ezequiel 36:26
6. A lei escrita no coração - Hebreus 8:10
7. Nova natureza - II Corintos 5:17
8. Resplandecer com luz - II Cor 4:6
9. Uma árvore boa - Mat. 7:17
10. Criação - Efés 2:10

C. Regeneração experimentada.

A regeneração não é experimental (algo que pode ser experimentado), mas acontece num nível além da consciência humana. Isso não quer dizer que o novo nascimento nunca é acompanhado por fortes emoções, porém a obra da regeneração em si não é algo sentido, mas reconhecido pelo seu fruto na vida. A conversão é resultado do novo nascimento e isto nós experimentamos. A regeneração é uma ação de Deus, mas a conversão é uma ação do homem, produzida pelo novo nascimento.

III. O AGENTE NA REGENERAÇÃO

A regeneração não é produzida pelo batismo, pela vontade humana (João 1:13), ou qualquer outra obra, mas é uma obra especifica de Deus na alma. Como o vento (poderoso, fora do controle do homem e invisível) esta obra não é produzida, controlada ou entendida pelo homem (João 3:8). Esta obra freqüentemente atribuída ao Espírito Santo é uma ação instantânea e completa de Deus sobre a alma. Mesmo que Deus venha a usar meios para salvar os eleitos, deve ser entendido que a própria regeneração não é um esforço conjunto. A Bíblia apresenta o novo nascimento como imperativo e não como mandamento (João 3:3).

Agora estamos diante de uma importante pergunta sobre o lugar do evangelho na regeneração. A Palavra de Deus é freqüentemente mencionada em conexão com o novo nascimento (I Cor 4:15; Tiago 1:18; I Pedro 1:23; Salmos 119:93). Qual é a parte exata que o evangelho tem nessa obra? Alguns exageram ao ensinar que muitos são regenerados sendo que nunca ouviram o evangelho. Vamos considerar este assunto¹.

¹O caso de crianças morrendo na infância não está sendo considerado.

Devemos entender primeiramente que mesmo a regeneração sendo uma obra direta de Deus sobre a alma do homem, pela sua natureza ela é feita em conjunto com o evangelho. A regeneração produz fé, e a fé torna-se impossível sem o evangelho (Rom 10:17). Como pode alguém crer num Salvador do qual nunca ouviu falar (Rom 10:14)? A regeneração nos dá á um coração de conhecimento e amor a Deus (Jer 24:7). Isso também envolve o conhecimento das Escrituras, de quem é Deus. Se a regeneração não acontece em conjunto com a Palavra de Deus não há fé, amor, santidade, e nem o conhecimento espiritual pode ser produzido por ela.

Em I Tessalonicenses 1:4-5, encontramos Paulo dizendo aos crentes de Tessalônica que ele sabe da sua eleição pelo fato de o evangelho vir a ele em poder. Por meio da regeneração Deus dá força ao evangelho abrindo os corações para recebê-lo (Atos 16:14). Muitos daqueles que gastaram as suas vidas na igreja têm testemunhado que quando Deus os salvou eles se sentiram como se estivessem ouvindo o evangelho pela primeira vez.

Aqueles que ensinam que a regeneração pode acontecer aparte do evangelho parecem temer os que não concordam com eles repartindo o credito da obra de Deus com o pregador. Eles falam do nosso ponto de vista como "regeneração evangélica" e parece crerem que temos abaixado a regeneração à uma mera obra de persuasão moral. Estes temores, portanto, não têm apoio nenhum. Vejamos a regeneração como uma obra soberana e direta de Deus sobre a alma, mas não distorçamos as Escrituras com o ensinamento que as pessoas podem experimentá-la fora do evangelho. Isso seria o mesmo que Deus dar ao homem o poder de visão mesmo falhando na criação a luz com a qual o próprio homem pode ver. Isto é um insulto à sabedoria de Deus.

IV. O FRUTO DA REGENERAÇÃO

Devido a regeneração ser conhecida apenas pelos seus frutos, vale a pena saber os efeitos que a regeneração produzirá no homem. Como podemos saber se somos nascidos de novo ou meramente enganados? Vamos listar algumas das virtudes que a regeneração produz na alma.

A. Fé - I João 5:4,5; Hebreus 12:2; I Pedro 1:3; Atos 18:27. (O leitor não deve entender que estamos dizendo que a regeneração vem antes da fé cronologicamente. A regeneração precede a fé somente como sua causa. A fé é produzida instantaneamente pelo poder regenerador de Deus e assim simultânea à regeneração cronologicamente. Isto pode ser exemplificado da seguinte maneira. Uma bala atirada numa parede instantaneamente produz um buraco. Em relação ao tempo, a ação da bala atingir a parede não pode ser separada do efeito produzido, mas a bala é a causa do buraco. A graça regeneradora produz instantaneamente a fé, mas a precede como causa.)

B. Arrependimento - II Timóteo 2:25.

C. Amor a Deus - I João 4:19

D. Amor aos outros crentes - I João 4:7; 3:14.

E. Perseverança - Filipenses 1:6; I João 5:4,5.

CONCLUSÃO

Esperamos que o entendimento do leitor sobre o novo nascimento tenha sido ajudado. Há muitos que erram pensando que toda experiência religiosa é essa maravilhosa obra da graça. O conhecimento do novo nascimento não é necessário só para fazermos firme nossa própria chamada e eleição, mas também é necessário se quisermos ser verdadeiro testemunho aos outros.



Autor: Pr Ron Crisp
Fonte: www.obreiroaprovado.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Leia também

Related Posts with Thumbnails