terça-feira, 17 de agosto de 2010

Pneumatologia - UMA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO ESPÍRITO SANTO

INTRODUÇÃO

Enquanto começamos nossos estudos sobre a pessoa e a obra do Espírito Santo, é importante que tenhamos atitudes apropriadas. Se realmente aproveitamos o estudo da Palavra de Deus lembremo-nos de:

1. Orar para que o Espírito Santo nos ensine. João 14:26; I Coríntios 2:11-13.
2. Submeter-nos às Escrituras como a nossa única regra de fé e prática. Especialmente no estudo da obra do Espírito Santo aonde muitos têm feito de sua própria experiência a autoridade final. Outros afirmam, em nome do Espírito Santo de Deus, terem recebido revelações extra-Bíblicas. II Timóteo 3:16-17, Isaías 8:19-20; Mateus 15:9.
3. Crer que Deus deseja que compreendamos as doutrinas da Sua Palavra. A existência de ensinamentos contraditórios entre vários grupos religiosos nunca deve ser vista de forma que alguém possa dizer que a Bíblia é por demais obscura para que seja interpretada com exatidão. O Nosso Salvador prometeu-nos que o Espírito nos guiará em toda a verdade. II Timóteo 2:15; Atos 17:11-12; João 16:13.
4. Relembrar-nos de começar o estudo da Palavra de Deus com humildade. A Bíblia não contém tudo o que queremos, mas tudo o que devemos saber. Há verdades reveladas (por exemplo o inter-relacionamento da Trindade), as quais devem ser cridas, mesmo que não possam ser entendidas, completamente, pelo homem mortal. Deuteronômio 29:29; Jó 11:7; II Pedro 3:15-16.
5. Desejar crescer espiritualmente, enquanto aprendemos. O conhecimento, sozinho, apenas produzirá orgulho. É triste pensar que alguns possam estudar sobre o Espírito Santo, e, no entanto, não estão cheios do Espírito Santo e as suas vidas não produzem os frutos do Espírito. I Pedro 2:2; I Coríntios 8:1; Tiago 1:22.

I. O OBJETIVO DO NOSSO ESTUDO

O objetivo do nosso estudo é a terceira pessoa do Deus Trino. Pode ser útil se começarmos vendo os títulos atribuídos a esta Pessoa Divina.

A. O Espírito - Romanos 8:23

A palavra "espírito" é a tradução, no Velho Testamento, da palavra Hebraica ruach e, no Novo Testamento, da palavra Grega pneuma. Estas palavras também são traduzidas como "vento" (Salmos 1:4; João 3:8). Estas palavras podem referir-se também ao espírito humano (I Tessalonicenses 5:23), aos anjos (Hebreus 1:7), ou a natureza de Deus (João 4:24). A idéia central é a do poder invisível. O Espírito Santo, todavia, é uma Pessoa Divina e nunca deve ser visto como um espírito criado (que nega a sua divindade) ou, como a mera presença ou poder de Deus (que nega a sua personalidade).

B. O Espírito Santo - Lucas 11:13

Ele é chamado Espírito Santo porquê:

1. A Sua natureza é eterna e essencialmente santa.

2. Ele é o autor de toda a santidade no homem.

C. O Consolador - João 14:16

D. Títulos que revelam o Seu relacionamento com o Pai: Espírito de Deus (Mateus 3:16), Espírito do Senhor (Lucas 4:18), Espírito do SENHOR (Jeová, Juízes 3:10) e Espírito do vosso Pai (Mateus 10:20).

E. Títulos que revelam o Seu relacionamento com o Filho: Espírito de Cristo (Romanos 8:9), Espírito de Jesus Cristo (Filipenses 1:19) e Espírito de Seu Filho (Gálatas 4:6).

F. Títulos que revelam os Seus atributos: Espírito eterno (Hebreus 9:14), Espírito de santificação (Romanos 1:4) e os Sete Espíritos (Apocalipse 3:1). [Isto mostra a Sua perfeição].

G. Títulos que revelam a Sua obra: Espírito da verdade (João 14:17), Espírito de vida (Romanos 8:2), Espírito de graça (Hebreus 10:29) e Espírito de adoção (Romanos 8:15).

Há, aproximadamente, cinqüenta títulos atribuídos ao Espírito Santo na Bíblia e cada um deles nos revela um aspecto da Sua pessoa ou obra.

II. A IMPORTÂNCIA DO NOSSO ESTUDO

O estudo do Espírito Santo de Deus é importante devido a Quem Ele é, o que Ele fez e ainda fará.

A. Sua Pessoa - O Espírito Santo é Deus e aquilo que se conhece verdadeiramente de Deus é o alicerce da religião.

B. Sua Obra - Enquanto o mundo parece somente associar o Espírito Santo ao fanatismo religioso, Ele se mantém ativo em todas as áreas da vida. Ele é o Criador, também trabalha na providência, na natureza, na política, nos talentos humanos, na salvação e no crescimento espiritual. Ele inspirou a Bíblia e agora ilumina as nossas mentes para que possamos entendê-la.

Sua vinda ao mundo era tão necessária para a nossa salvação quanto a vinda de Cristo. Sem o Espírito nossa religião é vazia e não temos prova de nossa salvação (Romanos 8:9). O Espírito Santo nos dá vida física, espiritual e ressurrecta (Jó 33:4; João 3:5; Romanos 8:11) O Espírito Santo é o autor de tudo que é bom e agradável em nossa existência (Gálatas 5:19-22).

CONCLUSÃO

Como é precioso o Espírito de Deus para o Cristão.

Podemos dizer, como os autores do Credo Niceno, "Eu creio no Espírito Santo, o Senhor e doador da vida, Quem procedeu do pai e do Filho, Quem, conjuntamente, com o Pai e o Filho é adorado e glorificado."

Nota do tradutor - Em inglês são atribuídas duas palavras distintas em referência à palavra PNEUMA, são elas ‘spirit’ e ‘ghost’. O português não faz a mesma distinção pois dispõe apenas da palavra 'espírito' para aquela palavra grega.



Autor: Pr Ron Crisp
Fonte: www.obreiroaprovado.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Leia também

Related Posts with Thumbnails